II Simpósio Brasileiro de Corais de Águas Profundas

07:25

II Simpósio Brasileiro de Corais de Águas Profundas
From Wednesday 29 July 2020 -  08:30
To Friday 31 July 2020 - 18:00
Contact (11) 3091-6528


O SBCAP é o principal evento nacional relacionado ao estudo e conservação de ambientes coralíneos de mar profundo, reunindo cientistas brasileiros e internacionais com destaque em suas áreas de atuação, além de estudantes,  ambientalistas, gestores e representantes de empresas atuantes na área ambiental.

Pela primeira o Simpósio será realizado na cidade de São Paulo, dentro do campus Cidade Universitária da Universidade de São Paulo (USP), onde está localizado o Instituto Oceanográfico da USP, referência no estudo de ambientes marinhos desde a década de 1950.

O SBCAP 2020 abrangerá diferentes tópicos relacionados aos ecossistemas de Corais de Águas Profundas, com palestras-chave de renomados pesquisadores brasileiros e internacionais, apresentações orais e pôsteres, com o objetivo de compartilhar o conhecimento e discutir novas perspectivas de estudo destes ambientes.

Para maiores informações, visite o site do simpósio:


https://www.sbcoraisprofundos.com/

Para realizar a inscrição clique aqui.

Organizado por

Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo / IOJr Consultoria e Educação Ambiental

Location Auditório István Jancsó - Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin Complexo Brasiliana, Rua da Biblioteca, 21, Espaço

Fonte: IOUSP




Marinha realiza descontaminação da Fundação Nacional do Índio, em Belém-PA

07:20



Militar do 2° Batalhão de Operações Ribeirinhas descontamina sala da Funai
 
No dia 24 de julho, a unidade da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Belém-PA, passou pela descontaminação preventiva da Equipe de Resposta Nuclear, Biológica, Química e Radiológica do Comando do 4º Distrito Naval, nucleada no 2° Batalhão de Operações Ribeirinhas. Na ação, foram descontaminados compartimentos como recepção, cozinha, banheiros, salas administrativas, viaturas e áreas externas.
 
Já no dia 23, a equipe realizou a desinfecção do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará, em Vigia-PA. A Marinha, em coordenação com o Ministério da Defesa, presta apoio aos órgãos públicos no combate à propagação do novo coronavírus.
 


Ônibus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará
 passa por desinfecção

Fonte: Marinha do Brasil

Praticagem de São Paulo assina contrato especial com ABAC e garante estabilidade nos preços das operações por 5 anos

12:29

A Praticagem de São Paulo e a Abac (Associação Brasileira de Armadores de Cabotagem) assinaram acordo para incentivar a navegação de cabotagem. Assim, valores, serviços e condições de praticagem irão vigorar por cinco anos sem reajustes e serão apenas corrigidos monetariamente. “Nesse momento em que o Governo está fomentando e atribuindo maior importância à navegação de cabotagem e enviou para o congresso o projeto da BR do Mar, e o próprio Senado apresentou um projeto liderado pela senadora Kátia Abreu, fazer esse acordo é uma forma de mostrar nosso apoio”, disse o presidente da Praticagem, Carlos Alberto de Souza Filho.

A Praticagem de Santos é a que atende o maior fluxo de navios de cabotagem no Brasil. Segundo Souza Filho, a empresa resolveu abrir mão de parte da receita, com descontos nas operações em cima dos preços que eram praticados antes. “Estamos dando a nossa contribuição em prol desse esforço nacional de fomentar a cabotagem, principalmente nesse momento de pandemia. Como é um acordo firmado por cinco anos, proporciona uma maior previsibilidade e segurança jurídica”. Há mais de 15 anos não havia acordo formal firmado entre a Praticagem de Santos e os armadores de cabotagem.

Empresas que assinaram o acordo
Aliança Navegação e Logística Ltda
Flumar Transp. de Químicos e Gases Ltda
Hidrovias do Brasil – Cabotagem Ltda
Grupo Log-In: Log-In Logística Intermodal S.A. ;Log-In Navegação Ltda. Log-In Marítima Cabotagem Ltda.
Mercosul-Line Navegação e Logística Ltda
Grupo Norsul:
• Companhia de Navegação Norsul
• NorsulCargo Navegação S.A.
• Norsulmax Navegação S.A. 

Praticagem de São Paulo


A Praticagem de São Paulo atua nos portos de Santos e São Sebastião, garantindo a segurança nas entradas e saídas dos navios. São 62 práticos que trabalham em escala, todos com conhecimento profundo da região.
53% das manobras são realizadas pelos práticos no período noturno e que a questão da segurança é sempre prioridade. “A probabilidade de acontecer um acidente por erro do prático em manobras no país é de 0,002%, similar aos Estados Unidos, segundo levantamento da Associação Internacional de Clubes de Proteção Mútua dos Armadores (InternationalGroupof P&I Clubs, em inglês). Pertencemos ao primeiro mundo nessa questão”, afirmou o presidente da Praticagem.
A Praticagem do Estado de São Paulo tem uma estrutura moderna com todos os equipamentos de primeira linha e a média de 32 manobras diárias, mas como a estrutura é sempre montado para o pico e não pela média, conseguem atender até 80 manobras por dia, com toda segurança.

A ABAC

Associação Brasileira de Armadores de Cabotagem visa a  expansão do transporte marítimo de cabotagem, bem como a integração com os países do Mercosul, buscando retomar uma posição de destaque no transporte transoceânico. Assim, apesar de seu nome indicar “cabotagem”, as empresas associadas também operam na navegação de longo curso.
O setor atua nos segmentos de contêineres, granéis sólidos, granéis líquidos e carga geral.

|Fonte: Praticagem de São Paulo

Marinha do Brasil realiza cerimônia de ativação da Base de Submarinos da Ilha da Madeira

11:48




A Marinha do Brasil realiza, nesta sexta-feira (17), a cerimônia de ativação da Base de Submarinos da Ilha da Madeira (BSIM). A Base Naval, localizada no Complexo Naval de Itaguaí (CNI), região metropolitana do Rio de Janeiro, dará um grande incremento ao Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), que visa a produção de quatro submarinos convencionais e do primeiro submarino brasileiro com propulsão nuclear, objeto precípuo do programa.

A BSIM será a Base Naval mais moderna da Marinha e tem o propósito de contribuir para o aprestamento dos meios navais, prioritariamente dos submarinos e prestar apoio logístico às Organizações Militares (OM) apoiadas. Cabe a ela prover facilidades de atracação, infraestrutura e apoio administrativo aos navios subordinados ao Comando da Força de Submarinos;  áreas e instalações do Complexo Naval de Itaguaí, incluindo os perímetros marítimo, terrestre e áreas comuns, em coordenação com as demais OM e empresas sediadas no Complexo, além de oferecer apoio básico de saúde.

Tendo como foco o apoio às OM instaladas em Itaguaí, a BSIM demanda recursos humanos altamente qualificados e infraestrutura específica, o que confere a importante tarefa de consolidar a mentalidade de segurança e ser a guardiã da sede do maior ativo da defesa nacional. Desta forma, a estrutura se destaca por possuir elevados níveis de automação. Uma complexa infraestrutura de rede de dados e centros de controle que permite automatizar tarefas como a geração e distribuição de utilidades (água, óleo, energia elétrica), o controle de maquinário, a detecção e combate a incêndio, a segurança física das instalações e a proteção ambiental. Seus usuários contam com modernos recursos de tecnologia da informação e comunicação para o desempenho de suas tarefas, inseridos na robusta infraestrutura de segurança da informação da Marinha.

Moderna, bem equipada e com efetivo bem preparado para exercer seu papel constitucional de garantir a soberania do país, a ativação da BSIM representa um importante marco no processo construtivo do PROSUB em que fortalece as plantas industriais, eleva o patamar tecnológico e faz da nossa Base Industrial de Defesa um vetor de inovação, incorporação tecnológica e expansão da indústria, comprovando a qualificação profissional e industrial instaladas no Brasil.

Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha


Sessão Solene Virtual alusiva aos 86 Anos do Tribunal Marítimo

12:09

Sessão Solene Virtual alusiva aos 86 Anos do Tribunal Marítimo;

Pela primeira vez em sua história, em face da pandemia causada pela
COVID-19, o Tribunal Marítimo (TM) realizou, no dia 06 de julho, por sistema
de videoconferência, uma Sessão Solene Virtual em comemoração aos 86
anos de sua existência, completados no dia 05 de julho. Presidida pelo
Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, o
evento teve a participação de Almirantes, Ex-Presidentes e Juízes do TM,
representantes do setor judiciário e advogados que labutam na “Corte
Marítima Brasileira”.

Durante a Sessão, o Juiz Attila Halan Coury, representando os Juízes do
TM, o Capitão-Tenente (T) Francisco José Siqueira Ferreira, representando a
Procuradoria Especial da Marinha e o Dr. Pedro Calmon Filho, representando
os advogados que labutam na “Corte Marítima”, enalteceram os 86 anos de
atividades do TM em prol da Justiça e Segurança da Navegação. Após a
cerimônia, foi inaugurado um quadro com uma pintura do Almirante Francisco
Manoel Barroso da Silva, o Almirante Barroso, doado ao TM pelo Capitão de
Mar e Guerra (Refº-T) Elson de Azevedo Burity, Diretor da Divisão de
Inquéritos sobre Acidentes e Fatos da Navegação pelo transcurso dos 86 anos
de criação do Tribunal Marítimo. A obra de arte foi produzida a partir de
azulejos pelo artesão maranhense Milton Machado Ramos.

“Desde 22 de abril de 2020, de forma pioneira, as Sessões Plenárias
estão sendo realizadas por videoconferência. Alinhado com o Comando da
Marinha e na esteira do Poder Judiciário, o TM não parou, apenas ajustou as
velas e segue trabalhando em prol da justiça e segurança da navegação”, citou
o Juiz-Presidente Vice-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho em sua Ordem
do Dia. Desde a implantação de sessões virtuais em virtude da Covid-19,
foram realizadas 20 Sessões Plenárias. Somente nesse período de um pouco
mais de dois meses, foram apreciadas 98 representações e julgados 118
processos.

O Tribunal segue avançando, em consonância com a disrupção
tecnológica característica da atualidade. Está em fase final de testes o
sistema que permitirá o trâmite totalmente digital dos processos sobre
acidentes e fatos da navegação, inclusive a realização de peticionamento
eletrônico por advogados, ampliando o acesso à “justiça da navegação”,
imprimindo maior celeridade aos processos e reduzindo custos. O TM
funciona, desde sua instituição, em um prédio histórico, de fachada
neoclássica, no coração do corredor cultural do centro do Rio de Janeiro.
Patrimônio muito bem preservado pela tripulação, as dependências internas
foram recentemente adequadas às novas demandas. Foi instalado um
sistema de prevenção de incêndio, especialmente de detecção de fumaça. O
projeto já está em fase final de implantação.

Fonte: Tribunal Maritímo