Cristo Redentor recebe projeção de colete salva-vidas em ação da campanha “Salvando Vidas”

12:07

 Evento é realizado pela Marinha do Brasil em parceria com a Arquidiocese do Rio de Janeiro


A Marinha do Brasil, em parceria com a Arquidiocese do Rio de Janeiro, realizará, no dia 29 de junho, às 18h, a projeção da imagem de um colete salva-vidas no monumento ao Cristo Redentor, com o objetivo de intensificar a divulgação da campanha “Salvando Vidas”, que ocorrerá ao longo de 2021.


A Capitania dos Portos do Rio de Janeiro (CPRJ), com o apoio do Comando do 1º Distrito Naval, da Diretoria de Portos e Costas e do Tribunal Marítimo, está organizando a campanha “Salvando Vidas”, uma iniciativa que visa a arrecadação e distribuição de coletes salva-vidas para as colônias de pesca artesanal do Rio de Janeiro. Além da distribuição deste fundamental item de salvatagem, outras ações de conscientização da segurança da navegação também serão realizadas, como palestras e mutirões visando regularizar as embarcações.


A arrecadação de coletes salva-vidas contou com o inestimável apoio da Sociedade Amigos da Marinha no Rio de Janeiro (Soamar-Rio) e de diversas instituições que valorizam ações que podem salvar vidas no mar, tais como a Praticagem do Rio de Janeiro, o Sindicato das Agências de Navegação Marítima e Atividades Afins do Estado do Rio de Janeiro (SindaRio), o Instituto Mar e Portos (Imapor) e a Camorim Serviços Marítimos.


O material arrecadado já está sendo distribuído aos representantes das colônias de pesca artesanal durante as inspeções navais. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o afogamento não intencional é a terceira maior causa de morte no mundo, com cerca de 236 mil vítimas por ano. No entanto, esses dados, que por si só já são elevados, carecem de exatidão por conta de subnotificações de casos. Uma medida simples que pode reduzir esse índice, salvando inúmeras vidas, é a prevenção mediante o uso do colete salva-vidas.


Ressalta-se que a Marinha do Brasil, por meio de suas Capitanias, Delegacias e Agências, realiza rotineiramente a atividade de Inspeção Naval, durante a qual fiscaliza, entre outros itens, o material de salvatagem das embarcações. Nas abordagens realizadas na área do Rio de Janeiro, tem sido verificado que vários condutores não estão com seus coletes a bordo, colocando suas vidas e de seus tripulantes em risco. Essa constatação reforça a importância das inspeções, que têm por objetivo garantir a salvaguarda da vida humana e, ainda, a segurança da navegação e a prevenção à poluição hídrica.

You Might Also Like

1 comentários