Regata vai homenagear Prático-Herói em Recife

15:52


Mais de 20 barcos com velas coloridas vão enfeitar a orla de Recife neste sábado. A II Regata Prático Nelcy Campos é uma homenagem ao profissional da Praticagem que evitou uma grande tragédia na cidade em 1985.

No dia 6 de maio, como parte da programação da regata, o filho do homenageado vai visitar alunos do Colégio Conviver que fizeram um estudo sobre a história. Ele tem o mesmo nome do pai, que morreu em 1990.

– Eu cheguei lá por volta das 4h da manhã, quando meu pai já estava rebocando o “Jatobá” para alto-mar. Primeiro, ele teve que retirar as embarcações que estavam à frente e atrás do navio, com iguais toneladas de gás. Depois, manobrou por meio do Canal do Norte, pouco usado, mas que era a única possibilidade de sair com o navio em linha reta. Ninguém tinha dimensão de tamanho perigo – lembra Nelcy Campos Filho, que tinha 33 anos.

No dia 10, na abertura oficial do evento, o Ex-Governador Roberto Magalhães vai contar a sua experiência no episódio. Ele também foi até o Porto e esperou o Prático após o ato de bravura.

– Foi realmente um risco muito grande que a cidade correu, porque o navio tinha três tanques, só um explodiu e já fez um estrago enorme, contido pelas paredes do armazém. Se os três tivessem explodido, seria um desastre. Isso revela a coragem de todos que lá estiveram e faz justiça às homenagens que o Prático recebe – destaca o então Chefe do Executivo.

A II Regata Prático Nelcy Campos está marcada para as 11h do dia 11 de maio, com largada e chegada no Marco Zero de Recife, onde encontra-se o busto de Nelcy Campos, entregue em 2003.

O evento é uma realização do Cabanga Iate Clube de Pernambuco e da Flotilha Recifense de Veleiros de Oceano (Frevo), com apoio da Praticagem de Pernambuco. Irão participar barcos de quatro classes. A competição vale pontuação para o campeonato da Frevo.

– Será um evento muito bonito, de interação com o público próximo da praia, que, em dado momento, vai poder apreciar os barcos com velas coloridas – diz o Capitão da Frevo, Álvaro da Fonte.

Fonte: Praticagem do Brasil



You Might Also Like

0 comentários